"Testemunhar e anunciar a mensagem cristã, conformando-se com Jesus Cristo"

Páginas

domingo, 1 de março de 2015

2° Domingo da Quaresma


“O que não poupou nem o seu próprio Filho, mas por nós todos o entregou” (Rm 8, 32). Cristo sofreu voluntariamente, em obediência ao Pai. E de três modos Deus Pai entregou Cristo à paixão:

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Sobre o jejum


  Os filhos de Nínive praticaram um jejum puro quando Jonas lhes pregou a conversão. Com efeito, está escrito: Assim que ouviram a pregação de Jonas, decretaram um jejum permanente e uma súplica ininterrupta, vestiram-se de saco e sentaram-se na cinza. Despiram as vestes delicadas e, em vez delas, vestiram-se de serapilheira. Recusaram aos lactantes o seio das suas mães e não levaram o gado às pastagens (cf Jn 3). […]

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Pra quê religião? Precisamos mesmo dela?


  Resumo os benefícios da religião: Ela dá impulso e sentido à tua vida. Só à luz da fé conhecemos nossa finalidade sobre a terra. Só ela apresenta ideais que compensam nossos esforços. Só a fé exalta nossas obras, o cumprimento do dever, a honorabilidade, a firmeza de caráter, à categoria de valores sobrenaturais. Mercê da fé, nossa vida se converte em cumprimento da vontade divina, em oração ininterrupta, em serviço de Deus, o supremo Senhor. Devo servir a Deus? Estou obrigado a observar os mandamentos? Não poderia ser independente, “senhor dos meus atos”? O célebre astrônomo Kepler dizia certa vez: “Se uma única estrela se desviasse de sua rota ordinária, todo o universo seria desmantelado.”

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Exercer a caridade na Quaresma, mas também sempre


  Estamos em pleno tempo quaresmal e, certamente, porque queremos ser bons fiéis de Jesus Cristo, fizemos os nossos propósitos para viver muito bem este tempo litúrgico. A Paixão e Morte do Senhor, que surge como o cume da Redenção do homem, orienta a nossa vida, que deve ser mais abnegada na oração e na preocupação pelos outros. À oração vamos buscar a intimidade com Deus, que nos ilumina a inteligência, vigoriza a vontade e purifica os nossos afetos, incentivando-os a amar o bem, a fazermos o bem e a ter como nossos, tanto quanto nos for possível, os problemas das pessoas que convivem conosco todos os dias. Por obrigação de caridade devo dar-lhes mais atenção e tentar tornar a sua vida mais agradável.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Papa Francisco está de retiro


  No final da tarde deste domingo, 22 de fevereiro, partiu da Praça Petriano (em frente a Sala Paulo VI), o ônibus que transportava o Papa Francisco e a Cúria Romana em direção a Ariccia, onde na Casa Divino Mestre acontecerão até sexta-feira (27), os Exercícios Espirituais para a Quaresma. O tema dos Exercícios é "Servos e profetas do Deus vivo". Este ano o autor das meditações é o Carmelita Padre Bruno Secondin, professor emérito de Espiritualidade moderna e Fundamentos da Vida espiritual na Gregoriana.

1° Domingo da Quaresma


“Foi levado Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.” (Mt 4, 1)  

Cristo quis ser tentado:

1. Primeiro, para nos dar auxílio contra as tentações. Por isso diz Gregório: “Não era indigno do nosso Redentor querer ser tentado, ele que veio para ser imolado; para que assim vencesse as nossas tentações com as suas, assim como venceu com a sua a nossa morte.”

sábado, 21 de fevereiro de 2015

"Se alguém quiser vir depois de mim..."


  O momento favorável e de graça da Quaresma mostra-nos o próprio significado espiritual através da antiga fórmula: “Recorda-te que és pó e pó te hás-de tornar”, que o sacerdote pronuncia quando impõe sobre a nossa cabeça um pouco de cinza. Somos assim remetidos para o início da história humana, quando o Senhor disse a Adão, depois do pecado original: “Com o suor do teu rosto comerás o pão, enquanto não voltares à terra, porque dela foste tirado: tu és pó e pó te hás-de tornar!” (Gn 3, 19)